Gratuidade

Disse o secretário que a intenção do governo municipal é fazer uma concorrência pública para o sistema de transporte coletivo onde sejam incluídos no edital não só a qualidade do atendimento aos passageiros, mas também o preço a ser cobrado pela passagem.

Na reunião da Câmara desta terça-feira, entrou em pauta discussão sobre a gratuidade e o atendimento dos estudantes universitários que se utilizam do transporte coletivo para ir e vir das faculdades. De imediato o vereador Lucas Arruda, que já foi presidente de diretório acadêmico na PUC, disse que vai aguardar a audiência pública do Plano de Mobilidade Urbana para sugerir que seja incluído na licitação do transporte coletivo cláusula obrigando a empresa vencedora a aceitar o carteira de estudante dos universitários em todas as linhas servidas pela futura concessionária. Vale lembrar que isso não foi feito até agora por não se ter a fonte de onde sairá o recurso para bancar a gratuidade.

Com esse e outros penduricalhos que permitem o transporte de passageiros de forma gratuita vai ser difícil encontrar alguma empresa que ofereça serviço de qualidade cobrando passagem por um preço menor.

Fechar Menu