Governo quer barrar indenizações

O governo federal tenta barrar o pagamento de R$ 7,4 bilhões em indenizações concedidas pela Comissão de Anistia a ex-militares da FAB. Os anistiados alegam perseguição política entre 1946 e 1988. A cifra corresponde a valores retroativos por decisões tomadas nos governos Lula e Dilma Rousseff. Até 2018, a União pagou a anistiados políticos R$ 17,4 bilhões. Desse total, R$ 3,5 bilhões indenizaram ex-militares das três Forças. (Estado de São Paulo).

Fechar Menu