Em nota oficial publicada ontem, a Prefeitura de Poços de Caldas comunicou à população que não irá seguir as novas medidas restritivas baixadas pelo governo do Estado dentro do programa Minas Consciente.

Segundo o comunicado do executivo municipal, neste momento não irá aderir às medidas restritivas recomendadas pelo Programa “Minas Consciente” do governo estadual, para não afetar ainda mais o comércio local que já foi plenamente sacrificado neste ano. Por isso continuam em vigor as medidas municipais estabelecidas pelo Comitê Extraordinário Covid-19.

O anúncio do governo do estado recomenda uma maior restrição para cinco macrorregiões do Estado, todas que já estavam na onda vermelha, entre elas a de Poços de Caldas. As restrições foram anunciadas devido ao cenário epidemiológico que aponta para um momento crítico da pandemia e passam a valer a partir do próximo domingo.

Diferente da “Onda Roxa” (fase impositiva do programa “Minas Consciente”), esta restrição na fase vermelha é feita como uma recomendação aos municípios. Em Poços, o comitê local continua trabalhando para conter o avanço do coronavírus, adotando medidas de restrição e ampliando a estrutura de atendimento aos moradores da cidade e da região.

“É fundamental que a população colabore tomando todas as precauções e respeitando as medidas estipuladas pelo Comitê local, neste momento delicado da Pandemia, para que o Município possa atravessar este momento sem precisar adotar medidas ainda mais restritivas”, diz o comunicado.