Governadores defendem uso do dinheiro do G7

Antes da reunião com o presidente Jair Bolsonaro, governadores dos Estados que formam a Amazônia Legal defenderam aceitar recursos de outros países para combate aos incêndios florestais. O governador do Pará, Hélder Barbalho fez um apelo para que as ofertas sejam ampliadas, além dos R$ 83 milhões já oferecidos pelo G7. Barbalho evitou entrar em polêmica com o governo federal e não se posicionou sobre recusar a oferta do grupo de países mais ricos do mundo — medida anunciada pelo Planalto na segunda-feira (26).

Fechar Menu