Gilmar Mendes tira de Curitiba ação contra Mantega

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, tirou de Curitiba o único caso contra o ex-ministro Guido Mantega, que corria na 13ª Vara Federal. Gilmar determinou que o caso seja enviado à Justiça Federal do Distrito Federal. A decisão foi tomada na terça-feirae vale apenas para Mantega, apesar de outras pessoas serem réus na mesma ação. A denúncia havia sido aceita em agosto de 2018, quando Sergio Moro ainda era o juiz do caso, hoje sob responsabilidade de Luiz Antonio Bonat.

Fechar Menu