Flávio empregou mãe e filha de miliciano

Flávio Bolsonaro empregou até novembro em seu gabinete na Alerj a mãe e a mulher do ex-capitão do Bope Adriano da Nóbrega, suspeito de comandar uma das principais milícias do Rio. Acusado por homicídio e expulso da PM, ele está foragido.

Fechar Menu