Integrando as ações desenvolvidas pela Secretaria de Saúde para enfrentamento da COVID-19, o município vem oferecendo o atendimento remoto de fisioterapia para pacientes que estão em isolamento domiciliar ou que têm dificuldade ou maior risco de frequentar o atendimento presencial.

Para execução do atendimento remoto foram adquiridos tablets com internet, além da designação de fisioterapeutas para realização do atendimento de suporte aos pacientes com COVID-19, complementando as ações da rede de saúde, como as ações já realizadas pelas equipes de Estratégia da Saúde da Família -ESF, Profissionais Fisioterapeutas do Núcleo de Saúde da Família – NASF (em treinamento nos serviços de urgência e emergência da rede) e equipe do Melhor em Casa.

O teleatendimento começou no último dia 02 de julho e é realizado através de chamada de vídeo pelo whatsapp.

COMO FUNCIONA

O Regulador de Fisioterapia da Secretaria de Saúde, João Carlos Naldoni Jr., explica como funciona os atendimentos. “Vamos atender pacientes que estão em isolamento domiciliar e pacientes pós-COVID, com sintomas leves, e após entrevista prévia, são feitas orientações de exercícios através de fotos e vídeos. Os pacientes são orientados a enviar fotos e vídeos realizando os exercícios para correções. O número de sessões e a frequência são definidos conforme cada caso”.

Para ser atendido é necessário solicitação médica ou fisioterapêutica da Rede SUS Municipal, feita através de serviço especializado ou Atenção Básica, já para os pacientes em isolamento domiciliar o contato dever ser feito através do telefone (35) 3713-3662.

ATENDIMENTOS

Para Valdir Moreira De Araújo, o primeiro paciente atendimento pelo novo esquema de assistência, falou sobre a experiência. “Achei muito interessante o atendimento online, tem muitas pessoas que tem dificuldade pra sair de casa, gostei muito do resultado, fui muito bem atendido. Vocês estão de parabéns com esse novo trabalho, depende muito do paciente levar a sério.  Espero que continuem assim,  vai ajudar muitas pessoas com certeza. Muito obrigado pela força de vocês me ajudaram muito”.

A Fisioterapeuta, Keli Cristina Miglioranzi analisa a execução do tratamento nos pacientes. “Senti que é necessário o paciente aderir ao exercícios, a dedicação é primordial para sucesso no tratamento. Percebi uma evolução satisfatória e consideravelmente rápida”, finalizou.