O vereador DineyLenon saiu em defesa, ontem, em sua página na rede social Facebook, dos vendedores ambulantes e garantiu que ele tem um lado. “Não me leve a mal, mas eu vou defender sim a vendedora de bala na porta do banco. Vou defender sim o senhor que vende máscaras pra pagar os remédios que toma. Vou defender sim o vendedor de doces que cuida da esposa. Vou defender sim o vendedor de óculos que no final do dia leva leite para os filhos. Vou defender sim o cidadão que, com seu filho vende pão caseiro na porta da igreja. Vou defender sim o vendedor de milho verde. Defender pais e mães de família que estão tentando sobreviver dignamente em meio ao desemprego não gera voto, muito pelo contrário, gera crítica de gente rica que não sabe o que é chegar em casa e ter a luz cortada, o que é ter de escolher entre pagar aluguel ou comprar comida para os filhos. Mas eu não vejo sentido entrar pra política se for pra não tomar lado nas coisas”, disse o vereador.