eSocial será extinto

O governo vai acabar com o eSocial e lançar um novo sistema para a prestação de informações previdenciárias, trabalhistas e tributárias em janeiro de 2020. A equipe pretende reduzir já nos próximos dois meses o número de dados que empresas e empregadores domésticos são obrigados a informar dos atuais 900 para 450. O Estadão/Broadcast antecipou que o governo anunciaria as mudanças até esta terça-feira.

Fechar Menu