Escritório em Jerusalém provoca reação

Em sua primeira viagem oficial a Israel, Jair Bolsonaro deixou insatisfeitos o premier do país, Benjamin Netanyahu, e também a Autoridade Palestina, que convocou de volta seu embaixador no Brasil para “consultas”. Apesar de não ter cumprido promessa de campanha de transferir a embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém, o presidente anunciou a abertura de um escritório de representação na cidade, disputada por palestinos e israelenses como sua capital. A mudança da embaixada, porém, ainda não foi descartada pelo brasileiro. (O Globo)

Fechar Menu