Entregue as chaves do Monotrilho

Foi realizada, na manhã desta sexta-feira, a entrega simbólica de toda a documentação e chaves do monotrilho pela antiga concessionária, empresa J Ferreira Ltda., ao município. A oficialização da devolução de todo o acervo relativo ao monotrilho ocorreu na Secretaria Municipal de Governo.

“Foi entregue toda a documentação relativa ao monotrilho, composta pelas plantas de construção, chaves de todas as estações e da subestação elétrica e das composições, com chaves de locais de manutenção e chaves de operação. Ou seja, toda a documentação relativa ao monotrilho já está agora em poder da Prefeitura, para que ela repasse para quem for assumir o sistema”, explica o advogado da empresa, José Carlos Nogueira da Silva Cardillo.

Desde o dia 30 de janeiro, a Prefeitura de Poços de Caldas passou a ser a detentora do monotrilho. Inaugurado há 18 anos, o empreendimento particular foi originalmente concebido como transporte de massa, mas funcionou poucas vezes e apenas como equipamento turístico.

A decisão foi tomada durante processo judicial, após audiência de conciliação, instrução e julgamento, quando a empresa J Ferreira Ltda., responsável pelo monotrilho, renunciou ao contrato de concessão, abrindo mão de qualquer indenização ou pagamento pelos investimentos no empreendimento ao longo dos anos. “Houve uma antecipação do que deveria ocorrer daqui a 30 anos, já que o município iria receber de volta todo esse acervo no fim de contrato de concessão”, destaca Cardillo.

O Procurador Geral do Município, Fábio Camargo de Souza, informa que a devolução da documentação e acervo consta do acordo judicial entre a Prefeitura e a empresa. “Desde o acordo, o monotrilho voltou para o município e, hoje, acontece essa entrega simbólica das chaves e documentação. Agora, já com o município como detentor de toda a estrutura, cabe à Prefeitura dar ao monotrilho a destinação que for mais pertinente”, ressalta.

O proprietário da empresa, Joel Junqueira Ferreira, foi recebido pelo secretário municipal de Governo, Celso Donato. Também participaram da entrega simbólica, os secretários de Projetos e Obras Públicas, Luís Fernando de Mattos Cortezano; de Planejamento, Tiago Cavelagna, e o adjunto Antônio Carlos Alvisi; o coordenador da Divisão de Licitações e Contratos, Sérgio Carlos Pereira e o engenheiro da Prefeitura, Paulo Roberto Rodrigues Milton.

Destinação

Quando do anúncio do acordo judicial, o prefeito Sérgio Azevedo apresentou propostas para a destinação do monotrilho. Uma delas seria a retomada do projeto inicial, integrando o equipamento ao programa de Mobilidade Urbana do município. Ele também sugeriu que o monotrilho seja incorporado ao processo licitatório do transporte coletivo, que será realizado no final de 2019. “Podemos ainda incorporá-lo ao processo de terceirização dos pontos turísticos ou até mesmo transformar a estrutura elevada em uma pista de caminhada, tudo isso dentro do grande projeto de revitalização da Avenida João Pinheiro. Agora essa decisão cabe a nós, em consulta à comunidade e também à Câmara de Vereadores”, afirmou Azevedo.

Fechar Menu