Portal de Notícias e Web Rádio 

Sobre o encontro que teve recentemente com a ex-vereadora Ciça, ex-candidata a deputada federal, e o questionamento de uma certa animosidade no PT durante as eleições, Paulo Tadeu respondeu que não dá para negar que houve alguns problemas na condução da campanha, sobretudo, pelo caminho que ela escolheu para ser candidata.

“Todas as vezes que eu fui perguntado sempre disse que era uma candidatura legítima, o caminho que ela buscou era estatutário, previsto, quem decide é a direção estadual. Isto criou um mal estar inicial, mas depois a realidade se impõe”, declarou.

De acordo com ele, Ciça esteve na campanha de maneira firme, tanto no primeiro turno quanto no segundo, defendendo a candidatura do Lula. “Tínhamos nos encontrado durante a campanha e pessoalmente entre nós não há nada, nunca teve. Do ponto de vista político nós precisávamos clarear algumas coisas e clareamos já durante a campanha. Este café que tivemos dias atrás foi um reencontro. É hora de pacificar. Se é hora de pacificar a sociedade, é fundamental pacificar o partido”, defendeu.

Paulo Tadeu disse que a Ciça está muito disposta a isto e foi uma conversa muito aberta e franca, como quando compartilhavam as responsabilidades na Câmara Municipal.