Empresário condenado

O empresário Emílio Odebrecht, maior empreiteiro do país, recebeu nesta quarta-feira sua primeira condenação na Lava-Jato por ter participado das reformas no sítio de Atibaia , em benefício do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva Emílio foi condenado a três anos e três meses de reclusão, em regime semiaberto.

Na primeira fase, ele cumpre regime domiciliar semiaberto. Isso significa que deve permanecer em casa entre 22h e 6h e nos fins de semana durante dois anos. Na sequência, ele deve cumprir regime aberto domiciliar e só precisará ficar em casa nos fins de semana.

Fechar Menu