Mesmo com o efeito da pandemia e as restrições impostas pelas medidas de proteção, o saldo na geração de empregos em Poços de Caldas e nas cidades vizinhas ainda apresentou um saldo positivo. Poços registrou a abertura de mais 68 novas vagas com carteira assinada, enquanto que Pouso Alegre abriu 631 novos postos de trabalho; Varginha 398; Extrema 913 e São João da Boa Vista, 625.

O setor de serviços em Poços de Caldas foi o mais afetado pela crise, com a extinção de 129 postos de trabalho, em seguida está a construção civil, com a perda de 68 vagas.