Pelo sétimo mês seguido, Poços de Caldas, segundo dados do Caged, fechou com saldo positivo, indicando uma recuperação após a perda de quatro mil postos de trabalho durante a fase mais crítica da pandemia, um fantasma que assusta novamente diante da nova onda que está fazendo o país bater recordes de mortes e pessoas contaminadas pelo coronavirus.

No levantamento de janeiro do ano passado até janeiro deste ano, o saldo ainda está negativo em 2.152 vagas com carteira assinada extintas, ao contrário do que acontece com Pouso Alegre, Varginha, Extrema e São João da Boa Vistam cujo saldo nos doze meses já é positivo. Veja os números nos quadros abaixo: