Depois de se manter durante vários meses com saldo positivo na geração de novos empregos, Poços de Caldas registrou saldo negativo no mês de abril, com o fechamento de 60 postos de trabalho com carteira assinada, segundo dados do mês de abril, divulgados ontem pelo Caged. O setor mais afetado pela extinção de vagas foi a de serviços onde 107 postos de trabalho foram fechados.

Nos municípios da região, Pouso Alegre fechou o mês com saldo de 143 novas vagas, enquanto que Alfenas abriu 80 novos postos de trabalho. Varginha perdeu 14 empregos e São João da Boa Vista 27.

No estado, Minas Gerais fechou o primeiro quadrimestre deste ano com saldo positivo na geração de empregos formais. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, o estado encerrou o mês de abril com a abertura de 13.492 postos de trabalho, resultado da admissão de 149.765 pessoas e do desligamento de outras 135.825. O destaque na geração de vagas ficou com o setor de serviços.