Emprego: Poços fecha o ano com saldo negativo

O ano de 2018 não foi dos melhores no que diz respeito a geração de novos empregos em Poços de Caldas. Dados do Caged, divulgados ontem, apontam um saldo negativo no mês de dezembro de 117 postos de trabalho. Até o mês de novembro a cidade vinha apresentando pequeno saldo positivo, mas em dezembro, a indústria de transformação fechou 223 vagas e a construção civil mais 58. Quem melhorou um pouco o índice negativo foi o comércio que no mesmo mês, contratou 141 novos empregados. Como se trata de trabalhadores temporários, é provável que o mês de janeiro volte a apresentar um saldo negativo ainda maior.

Em 2018 Varginha registrou a perda de 49 vagas, Alfenas 12 enquanto que Pouso Alegre conseguiu aumentar em 1.572 o número de empregados com carteira assinada.

E não vai dar para botar a culpa na crise nacional porque o mercado de trabalho brasileiro criou 529.554 empregos com carteira assinada em 2018. Foi o primeiro resultado positivo anual depois de três anos de retração no emprego também é o melhor desempenho desde 2013, quando foram gerados 1,138 milhão empregos na série com ajustes.

Fechar Menu