Nosso amigo e leitor, o advogado João Luiz de Azevedo, faz uma observação sobre a nota publicada no blog deste final de semana onde consta notícia de que estudos da UNIFAL apontam uma queda de 57% no número de óbitos em nossa cidade.

Segundo João Azevedo “Verificando os dados constantes do Boletim Epidemiológico divulgados pela Prefeitura Municipal fazemos constatação diversa. Acho muito preocupante tal noticia, porque, com todo o respeito, poderá se prestar para, já nos próximos dias, auxiliar em uma maior flexibilização em todas as áreas.

Em três (03) de maio deste ano, no sítio eletrônico “POCOS.COM” encontramos reportagem que vai em sentido diametralmente oposto. A reportagem informa que “O número de mortes causados pela doença no mês passado superou o total registrado ao longo do ano de 2020, Foram 89 mortes em abril contra 83 mortes ao longo do ano passado”

Agora, verificando os boletins epidemiológicos que constam da página da Prefeitura no INSTAGRAM, constatamos o seguinte, com relação ao número de óbitos:

Em 01 de abril de 2021 = 170 óbitos

Em 05 de maio de 2021 + 270 óbitos

Isso significa 100 óbitos no período, o que equivale a um aumento de 59% em apenas 30 dias”.