Dono da Gol relata propina a emedebistas

Em delação homologada, o empresário Henrique Constantino, um dos donos da Gol, disse que pagou propina a políticos do MDB em troca de financiamento da Caixa. Ele cita na acusação o ex-presidente Temer, o ex-ministro Geddel Vieira Lima e o ex-deputado Henrique Eduardo Alves. As defesas negam. (Globo)

Fechar Menu