O DMAE vem registrando um aumento no número de casos de furtos de tampas da rede de esgoto, ao longo deste ano. Dos furtos, a maioria aconteceu na Zona Sul.

O furto mais recente foi registrado na Rua Luiz de Oliveira, esquina com Luiz Aparecido de Carvalho, no Jd. Esperança, onde moradores colocaram um pedaço de madeira com um pano branco, dentro do poço de visita, para alertar motoristas que passam pelo local. Além do prejuízo financeiro na troca da unidade danificada, há também o perigo de moradores, bicicletas ou motocicletas caírem no buraco que fica aberto após o furto.

Nos últimos 15 dias foram registradas 6 tampas furtas na Rua Antônio Frizzo de Mendonça, uma tampa na Rua Antônio Duarte, uma tampa na Rua Luís Aparecido de Carvalho, uma tampa na Rua Pindorama e duas tampas na Avenida Alcoa. No total, 11 tampas e com prejuízo no valor de R$5.665,00.

Os casos estão sendo registrados junto à Polícia Militar e o departamento tenta criar uma estratégia para evitar a ação de criminosos.

Normalmente, as peças de ferro fundido são vendidas para ferros-velhos, mas vale lembrar que receber metais de origem ilegal é crime de receptação qualificada, cuja pena é de três a oito anos de reclusão.

O DMAE orienta que, ao verificar locais sem tampa ou com outros tipos de risco aos pedestres ou motoristas, a ocorrência deve ser registrada na Ouvidoria 35 98433-4049.