Dívidas em atraso

Levantamento da Serasa Experian revela que cerca de 23 milhões de brasileiros têm dívidas em atraso de até R$ 500. O número representa um terço (36,1%) dos 63,4 milhões de inadimplentes em junho de 2019, novo recorde histórico do indicador. Em média, estas pessoas têm duas contas atrasadas e negativadas, que juntas somam até R$ 500. O valor das dívidas coincide com o saque de até R$ 500 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) que será liberado de contas ativas e inativas a partir de 13 de setembro.

Fechar Menu