Dificuldades à vista

Quem convive no legislativo com o vereador Carlos Roberto de Oliveira Costa (PSC) prevê dificuldades de relacionamento entre o novo presidente da Casa e os representantes do poder executivo, assim como dele com os colegas vereadores e até mesmo com servidores que não se mostraram simpáticos a vitória do vereador para a presidência da Casa.

Neófito em política e cumprindo seu primeiro mandato Carlos Roberto é favorável ao regime descrito por ele como “monarquia democratizada” e não se sabe como será seu comportamento na mesa diante de uma secretária petista (Maria Cecilia Opipari) que por sua vez, será orientada em todos os passos pelo colega de bancada, Paulo Tadeu.

Não é preciso bola de cristal para prever que tanto o petista, como o atual presidente Antonio Carlos Pereira, que deixa o cargo contrariado, estarão de olho no comportamento do presidente que pela lógica, terá que ser ágil para se desviar das cascas de banana que certamente serão atiradas em seu caminho.

Fechar Menu