Devo, vou pagar, mas não sei quando…

Pela declaração do governador Romeu Zema, ontem, os prefeitos dos municípios mineiros podem se preparar para continuar no aperto financeiro porque o atraso nos repasses constitucionais, deve continuar ainda por um bom tempo.

Ao contrário do que havia prometido, Zema declarou que ainda não sabe quando vai cancelar o decreto que permite ao estado se apropriar dos recursos que pertencem aos municípios e também não marcou data para a regularização dos repasses, embora tenha prometido, no início do mês que eles seriam regularizados em no máximo 10 dias.

Segundo Zema o governo está trabalhando para reequilibrar as contas e os repasses referentes ao mês de fevereiro para as prefeituras estão em dia, no entanto, não sabe quando irá pagar os de janeiro que ficou para trás e somam cerca de R$ 1 bilhão.

Fechar Menu