Segundo informação do diretor do DMAE, Paulinho Courominas, a causa do despejo de esgoto em trecho do Rio das Antas se deve a furtos de fios do DME. O problema, segundo ele, é recorrente nas elevatórias de esgoto e reservatórios. “São furtos de cabos, painéis, fiação, sistema eletrônico e até bombas e motores. Isso tem causado grandes transtornose não foi diferente no Bortolan, em que roubaram esses equipamentos e, como consequência é interrompe o sistema de bombeamento, causando o transbordamento e o esgoto vai para o rio antes de ser tratado”, esclareceu o diretor do DMAE.

Em uma ação rápida, o DMAE foi autorizado pelo DME a fazer uma ligação direta para não prejudicar o sistema, mas mesmo assim causou transtorno, prejuízos e danos ao meio ambiente.