Desembargadores mantém pena de José Dirceu

Os desembargadores da 4ª Seção do Tribunal Regional Federal da 4ª Região negaram provimento nesta quinta-feira, 21, por maioria, aos embargos infringentes do ex-ministro José Dirceu (Casa Civil/governo Lula) nos autos da Operação Lava-Jato, mantendo a pena de 8 anos, 10 meses e 28 dias de reclusão imposta ao petista. Ainda cabe recurso de embargos de declaração nos embargos infringentes, informou o TRF-4.

Fechar Menu