Portal de Notícias e Web Rádio 

Instalada no Marco Divisório, a Escola Municipal Professora Nicolina Bernardo irá funcionar em prédio totalmente novo que será reconstruído no mesmo terreno onde funcionou a unidade escolar.

O secretário de Obras, José Benedito Damião, informou que os problemas estruturais, hidráulicos e elétricos na escola eram tantos, que a prefeitura optou pela demolição do imóvel e a construção de um novo.

“Esta escola foi demolida devido ao alto índice de problemas que vinham acontecendo constantemente, como vazamentos, encanamentos, parte elétrica e outros mais. Era uma escola antiga, deficitária e que estava atendendo mal a população”, justificou o secretário.

Na próxima semana será implantado o canteiro de obras e a previsão é que até o final de 2023 a obra esteja concluída.

A unidade escolar vai ganhar mais duas salas, que serão maiores, mais cozinha moderna, área de escritório e quadra coberta. A obra está orçada em aproximadamente R$ 5 milhões.

“Se fossemos fazer a reforma custaria aos cofres municipais cerca de R$ 2 milhões, mas não ficaria bom. O prefeito achou melhor darmos de presente ao bairro uma nova escola e assim será feito”, informou o secretário.

Enquanto a obra não fica pronta, os alunos foram transferidos para um imóvel adaptado, onde funcionava o PMJ.