De olho na vice

A volta de Carlos Mosconi para a equipe de governo deve causar desalento em alguns apoiadores da administração que já faziam planos para ocupar a vice no caso de o prefeito recuperar sua popularidade e chegar na campanha com chance de se reeleger para mais um mandato.

Com a entrada do ex-deputado no jogo, o vice deve ser indicado por ele e com certeza, será alguém do seu relacionamento, que no caso, não inclui nenhum daqueles que andam sonhando com uma indicação para a futura chapa.

E quem também esperava por uma chance de ser o candidato a prefeito do grupo, caso Sérgio desista da reeleição, pode ir tirando o cavalinho da chuva porque se o prefeito decidir por não ser candidato, Mosconi, é o primeiro da fila, até porque nunca deixou de alimentar o sonho de encerrar a carreira política como prefeito de Poços.

Fechar Menu