Das cinzas…

Segundo notícias que chegam da capital mineira, o ex-governador Fernando Pimentel já está sendo chamado de “fujão”, por estar fora do país desde que perdeu a eleição e sem data para o retorno. Como está envolvido em vários processos por corrupção, lavagem de dinheiro e mais uma série de crimes, há quem diga que não deve voltar com medo de acabar tendo o mesmo destino do ex-presidente Lula.

Com isso o Partido dos Trabalhadores em Minas está à deriva e segundo consta, os deputados Rogério Correa e Odair Cunha estão travando acirrada disputa nos bastidores para ficar com a legenda. Não será nenhuma surpresa se o ex-secretário de governo voltar a frequentar Poços para rever amigos, entre os quais está o ex-prefeito Eloisio, solicitando apoio para voltar a ser o presidente do partido.

Por aqui a legenda também está esvaziada e seus suas lideranças voltaram a formar um grupo com apenas meia dúzia de simpatizantes. Pior que o PT só mesmo o MDB que desde o falecimento do empresário Sebastião Abrantes, perdeu o rumo.

Quanto ao PSB, PSD, PHN, PTB, PPS e PHS, juntando todos, o máximo que se consegue é uma sopa de letrinhas…

Fechar Menu