Custo zero

Toda a publicidade da reforma da Previdência deverá ser feita pelas redes sociais com custo zero aos cofres públicos. Além do texto da reforma, que chegará ao Congresso nos próximos dias, discute-se nos gabinetes do Planalto a estratégia de divulgação da proposta pelos canais virtuais-oficiais do Governo.

O lançamento do slogan ‘Pátria Amada Brasil’ foi feito pelas redes sociais e, de acordo com o Palácio do Planalto, houve economia de mais de R$ 1,4 milhão para os cofres públicos. O Governo do presidente Michel Temer (MDB) gastou quase R$ 110 milhões em publicidade na fracassada tentativa de aprovar a reforma da Previdência.

Fechar Menu