* Foi publicado no diário oficial o primeiro termo aditivo no contrato celebrado entre o município, por meio da secretaria de turismo e a empresa Abet Projetos turísticos, com objetivo de elaborar o Plano Municipal de Turismo. Motivo do aditivo: suspensão do contrato pelo período de 30 dias sem prejuízo dos serviços já prestados. Merece maiores explicações esta sustação do contrato, um bom tema para um pedido de informações a ser formulado por algum vereador que se interesse pelo assunto.

* Poços de Caldas foi destaque na imprensa regional e até nacional com mais um fato negativo. O vídeo mostrando policiais militares de maneira covarde, agredindo um jovem que foi abordado como suspeito pilotando uma moto. O comando da PM se pronunciou sobre o assunto afirmando apenas que a atitude dos policiais não faz parte do protocolo para abordagem de pessoa suspeita e que vai apurar o fato.

* Trata-se de uma ocorrência que denigre a imagem da corporação e que precisa ser punida com rigor. E serve de alerta não só para os policiais militares, mas também para outras autoridades com poder de polícia. Há sempre alguém com um celular nas mãos prontas para flagrar as agressões. Não só desse tipo como também de outros crimes que envolvem violência física.

* “Estive reunido com a área de Educação aqui na cidade de Frutal. Tomei café com diretoras de escola, professores e pessoas da Secretaria de Estado de Educação, onde mais escutei do que falei. Temos cobrado do Ministério da Saúde prioridade para os professores, porque sabemos que essas categorias que têm contato direto com as pessoas precisam estar imunizadas”, declaração do governador Romeu Zema ontem.

* A Rádio Itatiaia, a mais tradicional de Minas Gerais (BH e mais três cidades), comprada pelo empresário Rubens Menin (MRV), é tão poderosa na audiência que ajudou a eleger um senador, dois deputados federais e dois vereadores só nas últimas eleições. É até apelidada de PRI: Partido da Rádio Itatiaia.