* Para quem quiser conferir, o diário oficial do município publica na edição desta segunda-feira, 171 páginas com 2.362 notificações (multas) de trânsito cujos proprietários dos veículos não foram encontrados pelos carteiros em suas residências para receber pessoalmente a má notícia. Os vereadores continuam querendo saber onde e como está sendo aplicada a dinheirama arrecadada com essas multas.

* A Câmara Municipal realiza amanhã, terça-feira, mais uma sessão ordinária. O que se espera dos nobres vereadores é uma reunião onde os debates aconteçam de maneira civilizada, que o contraditório seja respeitado e que cada um possa expor seus pensamentos e análise dos projetos e requerimentos, sem intervenções grosseiras, como foi registrado na sessão da semana passada. É bom lembrar que o Poder Legislativo representa os anseios da população e sua principal função é a de fiscalizar os atos do Poder Executivo apontando falhas e erros que precisam ser corrigidos. É isso.

* Bons tempos aqueles em que manter a cidade limpa, o asfalto em boas condições, assim como os próprios municipais eram fatos corriqueiros, apenas serviço de manutenção, ao contrário de agora quando um simples mutirão de limpeza em bairro serve de motivo para o prefeito gravar vídeo e postar nas redes sociais como se isso fosse uma grande obra da sua administração. Ronaldo Junqueira, José Aurélio Vilela e Sebastião Navarro lá de cima devem estar lamentando a situação que a cidade vive nos dias de hoje.

* A Secretaria de Promoção Social realiza nesta segunda-feira o sorteio pela internet, dos apartamentos que integram o conjunto habitacional Sonho Dourado, para famílias de baixa renda. E a prefeitura avisa que não será permitida a presença de nenhum dos futuros moradores no local do sorteio, Até porque, ao contrário do sorteio anterior, quando o prefeito passou por lá para cumprimentar quem estava recebendo as chaves da sua moradia própria, desta vez não estamos em época de campanha eleitoral.

* O mais triste dessa história é que o sorteio será feito, as chaves não serão entregues e ninguém sabe ao certo quando isso será feito, para tristeza das 300 famílias que há muito tempo aguardam ansiosos o dia em que tomarão posse dos seus imóveis para ficar livre do aluguel ou até mesmo deixar de morar de favor em casas de parentes. Como diria Boris Casoy, UMA VERGONHA!

*  A eleição de deputados no próximo ano pode apresentar uma curiosidade entre os candidatos e marcar o retorno de um grupo ex-universitários da PUC, que marcaram época com disputar acirradas para o comando do diretório estudantil. Celso Donato, Thiago Biagioni, Lucas Arruda e Ulisses Guiimarães estão trabalhando para seremcandidatos. O quarteto frequentou a universidade na mesma época e se destacou no comando dos diretórios que viveu um tempo de turbulência. Agora os mesmos personagens estão envolvidos na politica e atuando em frentes separadas. Vai ser interessante acompanhar a disputa dos ex-meninos da PUC.

* Se a linha de raciocínio do Solidariedade estiver certe ao afirmar que os vereadores não possuem competência, segundo a Constituição do Estado, para definir o ensino fundamental e infantil como serviço essencial, o que esta é uma prerrogativa do executivo, o projeto de lei de iniciativa da Câmara que declarou as atividades físicas também como essenciais não tem validade. Certo?