* O secretário de governo Celso Donato foi flagrado telefonando para o vereador Cleber Silva (Novo), pedindo ajuda para convencer o presidente Marcelo Heitor a desistir de aprovar o projeto de lei que cria o orçamento impositivo. Como se sabe, Cleber foi eleito vice-presidente da Câmara com o apoio dos vereadores da base do prefeito. Celso já está cobrando a fatura.

* Segundo palavras do secretário de saúde Carlos Mosconi, até agora o Governo do Estado, comandado por Romeu Zema não colaborou em nada com o município no combate ao Covid-19. Enviou apenas um respirador e nada mais. Um bom assunto para aqueles que se dizem representantes do governo em Poços. Bom dia André Vilas Boas e Cleber Silva.

* O prefeito Sérgio Azevedo foi conferir ontem de manhã as barreiras sanitárias instaladas nas três principais entradas da cidade para impedir a entrada de turistas, conforme decisão adotada pelo comitê que gerencia a pandemia. à noite, vídeos nas redes sociais mostravam a barreira na Av. Alcoa completamente abandonada com os motoristas de fora tendo passagem livre. Um fato que merece explicação por parte da Guarda Municipal, responsável pelo serviço.

* Na entrevista que concedeu para a ex-vereadora CiçaOpipari, agora atuando como repórter da revista eletrônica AutênticaMídia, o presidente da Associação Comercial, Carlos Cobra, o “Cobrinha”, criticou mais uma vez a falta de apoio da administração comandada pelo prefeito Sérgio Azevedo pelo fato de não estar dispensando a entidade de classe a atenção que ela merece. O presidente da ACIA também se fez presente nas manifestações contra o prefeito realizadas na semana passada na porta da prefeitura.

* O desentendimento entre as partes vem desde a campanha eleitoral, quando no debate organizado pela associação o então candidato Sérgio Azevedo se negou a aceitar o compromisso de se eleito, nomear para a Secretaria de Desenvolvimento e Trabalho, um nome indicado pela entidade de classe.

* Em represália a falta desse compromisso, a ACIA se aliou a secretária executiva da Agência de Desenvolvimento dos municípios localizados na região leste paulista e no sul de Minas, Amélia Queiroz, com o objetivo de elaborar estratégias para que Poços de Caldas possa se organizar através da agência e realizar um trabalho para a atração de novas indústrias para a cidade.

* É o tipo do desentendimento que interessa para a cidade, uma vez que isso levou a ACIA a se mexer e sair da letargia que se encontrava faz muito tempo. Finalmente o presidente da entidade de classe acordou para o cargo que ocupa e também para a necessidade de oferecer algo de melhor para seus associados, além de defender seus interesses junto ao governo municipal.

* Por outro lado, o prefeito, do alto do pedestal em que se colocou desde que assumiu o cargo, se viu desafiado e ordenou ao secretário Thiago Mariano, titular da Sedet, a realizar ações no sentido de mostrar para os dirigentes da ACIA que no momento, ele é quem tem o poder e que manda no pedaço. Isso é bom, desde que a ação de um não atrapalheo outro e ambos trabalhem em benefício da cidade.