* Atendendo convite da Comissão de Direitos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana, da Câmara Municipal, o secretário de saúde, Carlos Mosconi participou de reunião na tarde de ontem para falar sobre a pandemia covid-19. De acordo com ele, houve uma elevação dos casos de contaminação na cidade, de leitos ocupados e de óbitos. “Temos um número de 90% de leitos ocupados, boa parte por pacientes de fora que são do SUS Fácil e que vem de todo o Estado. Hoje temos pacientes de Araxá e de Governador Valadares. Temos também do estado de cidades vizinhas do estado de São Paulo”, afirmou.

* O secretário lembrou que, dias atrás, o município conseguiu mais dez leitos na Santa Casa, a manutenção de 30 leitos no Santa Lúcia, além de outros leitos para atender pacientes particulares. “Temos conversado muito com a Unimed, que é grande parceira, e hoje mantivemos contato com o hospital Poços de Caldas, que nestes dias mudou de direção, com a possibilidade de abertura de novos leitos, se isto for possível. Eles não deram resposta, porque estão chegando agora e precisam avaliar melhor a situação”, informou o secretário.

* Uma das alternativas encontrada pela prefeita de São João da Boa Vista, Maria Terezinha de Jesus Pedrosa (DEM), está na venda de um terreno pertencente ao Município, localizado na avenida Durval Nicolau. De acordo com ela, o dinheiro obtido com o imóvel será destinado à Ala Covid e também à compra de mais vacinas, segundo informações do jornal O Município.

* Por aqui já fazem dois anos que a prefeitura tenta vender a área do desativado Complexo Santa Cruz, recurso que poderia também ser empregado na compra de vacinas e ampliação das alas de atendimento aos pacientes com Covid. Em São João, os vereadores discutiram e acabaram aprovando também uma Moção de Apoio aos médicos envolvidos no projeto São João pela Vida, os quais defendem uma abordagem precoce.

* Margot Pioli, prefeita de Andradas, gravou vídeo e postou nas redes sociais solicitando a população andradense que fique em casa, informando que os leitos do SUS nos hospitais de Poços de Caldas atingiram ocupação de 100%. Pois é, poderia ter desencadeado esta campanha antes, como prevenção, quem sabe com isso o número de pacientes de Andradas internados em Poços fosse menor do que registram os boletins epidemiológicosdivulgados diariamente pela secretaria de saúde.