Dez municípios da região, que fazem parte do Polo Sudoeste do Parlamento Jovem de Minas, participaram de um curso de formação para coordenadores do projeto. O encontro aconteceu no Plenário da Câmara de Poços, na última sexta-feira (07), e reuniu representantes das cidades de Guaxupé, Itaú de Minas, Albertina, Botelhos, Cabo Verde, Carmo do Rio Claro, Guaranésia, Juruaia, Muzambinho e Poços de Caldas.

O objetivo do evento foi apresentar aos municípios informações sobre como preparar as oficinas de formação temática, com início neste mês de maio, e as Plenárias Municipais que serão realizadas no final do mês de junho. A abertura do encontro contou com a participação do prof. Dr. Sérgio Pedini, do IFSULDEMINAS, campus Poços de Caldas, que fez uma apresentação geral do tema deste ano: Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Pedini abordou, ainda, os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável e a Agenda 2030.

Os coordenadores Pedro Alves, de Guaxupé, e Wallison Parreira, de Itaú de Minas, falaram sobre as oficinas temáticas e sobre as ferramentas e atividades que podem ser utilizadas pelas Câmaras na realização desses encontros. Eles repassaram informações, também, a respeito da elaboração de propostas sobre o tema principal. A coordenadora regional do projeto, Taís Ferreira, encerrou o evento e explicou a dinâmica das Plenárias e as regras para a votação das propostas.

Lançamento estadual

Ainda na sexta-feira (07), a Câmara de Poços marcou presença no lançamento estadual do PJ 2021, realizado de forma remota pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). O presidente da Casa, vereador Marcelo Heitor (PSC), foi convidado para participar do evento representando todas as Câmaras do estado que fazem parte do projeto.

O presidente ressaltou a importância do Parlamento Jovem para as Câmaras Municipais mineiras. “Foi uma satisfação imensa participar deste evento e ressaltar a importância do Parlamento Jovem para as Câmaras Municipais. Um projeto que traz protagonismo ao estudante do ensino médio, que visa dar voz a nossa juventude e acolher seus anseios, deve ser apoiado por todos os parlamentares de uma Casa Legislativa. O Parlamento Jovem é uma grande ferramenta que leva conhecimento e incentiva o jovem a participar de uma maneira propositiva da política. Mas não são somente os alunos que se beneficiam do projeto. A população ganha, pois as propostas que são apresentadas melhoram a qualidade de vida do cidadão”, disse.