Crise nos municípios

Os municípios brasileiros vivem o seu pior momento. Em Minas Gerais a situação é um pouco mais grave. O lamento do prefeito de Betim, Vittorio Medioli, é amparado na realidade da economia brasileira, que sofreu uma queda na arrecadação de 20% nos últimos cinco anos. Minas Gerais perdeu em torno de 25% do PIB. Em Betim a perda chegou a 4% em relação à participação do ICMS do estado e para cada 1% a menos, são R$13 bilhões que deixam de entrar para os cofres do município, segundo Medioli.

Fechar Menu