O secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, afirmou que o estado tem uma perspectiva “muito mais positiva” para o cenário de pandemia a partir deste segundo semestre do ano.

“Os dados são claros de que a vacina é eficaz. Apesar do aumento de casos, o número de pacientes graves não vem aumentando na mesma proporção”, disse o médico, em entrevista coletiva nesta terça-feira (22/6), na Cidade Administrativa.

Segundo Baccheretti, a expectativa de melhora também depende de fatores como a entrada de novas cepas do vírus no estado ou da mudança brusca no comportamento da população com os cuidados da COVID-19. Porém, acredita que o avanço da imunização em Minas poderá trazer resultados positivos para o controle da pandemia.

“Com a aceleração da vacinação, especialmente em agosto, quando a expectativa é de mais 6 milhões de doses para o estado – isso pode ser adiantado para julho – a gente consiga garan