Corte de 21 mil cargos

Pacote de medidas em elaboração pelo Ministério da Economia prevê o corte de 21 mil cargos, comissões e funções gratificadas no governo. Hoje, há 130 mil cargos em 40 tipos de funções. A economia anual prevista é de R$ 220 milhões. Serão aceitas somente nomeações técnicas. Também haverá regras mais rígidas para a realização de concursos públicos.

Fechar Menu