Contrato com assessoria foi rompido

Jair Bolsonaro comemorou o anúncio do fim do contrato no valor de R$ 30 milhões para assessoria de imprensa internacional para o Palácio do Planalto, e aproveitou para cutucar governos anteriores, dizendo que gastos desse tipo eram “uma das muitas fontes de ações escusas” de grupos no poder. Ontem, o Ministério da Secretaria de Governo, Carlos Santos Cruz, anunciou que não irá renovar um contrato com a CDN, informou o Broadcast Político.

Fechar Menu