Consultas pela internet

O Conselho Federal de Medicina (CFM) vai autorizar que médicos façam consultas, diagnósticos e cirurgias on line. A regra entra em vigor em três meses e determina que o atendimento a distância só poderá ocorrer em uma segunda consulta. Em cidades remotas, no entanto, não haverá essa exigência. Segundo o CFM, a medida não está relacionada à saída dos cubanos do Mais Médicos, que levou à falta de assistência em locais distantes

Fechar Menu