Comissão de Justiça analisa 50 processados

Desde o início do ano, a Comissão de Justiça, Legislação e Redação Final da Câmara de Poços já analisou cerca de 50 processados, entre projetos encaminhados pelo Executivo e aqueles de autoria dos vereadores. As reuniões das comissões permanentes do Legislativo acontecem às quintas-feiras, a partir das 13h30, no Plenário, e são abertas ao público.

Até o momento, foram 11 reuniões da Comissão de Justiça. Após designação dos relatores e análise das matérias, os vereadores votam os pareceres. Os processados são encaminhados, então, às outras comissões que também são pertinentes ao assunto em questão. Após a tramitação, o projeto vai a votação em Plenário.

O atual presidente da Comissão de Justiça, vereador Wilson Rodrigues (DEM), destaca a importância da análise dos processados, antes de serem aprovados. “A Comissão de Justiça analisa a matéria antes das outras comissões, dando um norte e servindo de base para estudo das demais. É preciso ressaltar a importância da discussão e do estudo criterioso de temas que afetam toda a cidade”, destaca.

Segundo Rodrigues, o novo formato das reuniões tem sido mais dinâmico e possibilitou o acompanhamento dos encontros pela população. “As discussões foram levadas ao Plenário, onde os vereadores emitem seus pareceres e, partir daí, os projetos podem ser encaminhados à votação em uma sesão ordinária. São reuniões abertas ao público e é importante que a comunidade acompanhe as ações da Câmara”, conclui.

Além do vereador Wilson Rodrigues, fazem parte da Comissão de Justiça os vereadores Ricardo Sabino (PSDB), vice-presidente, Joaquim Alves (MDB), Marcelo Heitor (PSC) e Paulo Tadeu D’Arcádia (PT)

Fechar Menu