Clima nada bom

Pelas reações que vem sendo divulgadas na imprensa da capital, inclusive em matérias pagas pelos sindicato dos servidores, o governador Romeu Zema está disposto a seguir os ensinamentos de Maquiavel que aconselha “Quando fizer o bem, faça-o aos poucos. Quando for praticar o mal, é fazê-lo de uma vez só”. Sem saída para equilibrar as contas de um estado completamente falido, o governador prepara reajuste de 11% para 14% nas contribuições previdenciárias e a privatização do IPSEMG.

E se o governador fraquejar neste início de governo quando ainda tem capital politico para queimar, vai correr sério risco de terminar o governo (se é que termina), em situação ainda pior do que seu antecessor, o irresponsável petista, Fernando Pimentel.

Se o prefeito tivesse seguido o conselho de Maquiavel, não teria queimado a largada do seu governo e hoje não estaria na situação em que está, parte por culpa do estado que está atrasando os repasses constitucionais, mas também porque logo após a posse fez uma série de bondades que comprometeu sua administração em mais de R$ 100 milhões.

Fechar Menu