Chuvas & buracos

A administração municipal vive uma espécie de inferno astral, vítima de uma enxurrada de críticas nas redes sociais por conta dos buracos que tomaram conta de toda a malha viária, azucrinando a vida, não apenas dos motoristas, mas até mesmo dos pedestres que são forçados a andar desviando das crateras.

Como a chuva não dá trégua, o serviço de tapa-buracos, que poderia amenizar o problema também fica prejudicado, aumentando o volume das reclamações onde o alvo principal é sempre o prefeito.

A torcida no governo é para que o mês de março, último mês do período chuvoso, passe rápido para que a secretaria de obras possa fazer o seu trabalho com mais tranquilidade. Como a usina de asfalto está sempre quebrada, a solução está na contratação de uma empresa particular para fornecer a massa asfáltica. Normalmente este serviço contratdo pela prefeitura junto a Construtora Etapa.

Isso se o empresário, proprietário da empresa voltar atrás e decidir não cumprir uma promessa feita dia desses durante uma reunião com outros empresários que se queixavam de atraso no pagamento das faturas junto ao governo municipal. “Minha vontade é parar de trabalhar para a prefeitura”, disse o empresário que pelos lados do setor de obras é conhecido pelo apelido de “macarrão”.

Fechar Menu