Durante o programa Boca Boa, levado ao ar ontem, pela Master Web Rádio, apresentado por Silas Lafaiete, quando estava sendo entrevistado o vereador Diney Lennon, que falava sobre o imbróglio do Condomínio Sonho Dourado, um problema que se arrasta há meses, deixando mais de 300 famílias beneficiárias do programa destinado a famílias de baixa renda, impossibilitada de tomar posse dos seus imóveis,  entrou no ar, pelo telefone, o empresário Luiz Antonio Batista, da construtora BM, responsável pela construção do conjunto habitacional.

Luiz Antonio surpreendeu a todos com uma excelente notícia para as famílias beneficiárias do conjunto. Segundo ele, “o Ministério de Desenvolvimento Regional, diante do impasse que foi criado pela prefeitura municipal determinou que os apartamentos sejam entregues imediatamente. A Superintendência Executiva de Habitação já entrou em contato com a prefeitura, bastando apenas que seja protocolado no Cartório de Registro de Imóveis a anexação da área e depois sim, terá prosseguimento o processo moroso, que deve demorar cerca de um mês com a averbação no cartório e tudo mais”, informou o empresário.

O Ministério determinou que a entrega das chaves seja feita no dia 21 de maio, daqui a duas semanas. “Há 14 anos trabalho neste programa Minha Casa, Minha Vida, é a primeira vez que eu vejo acontecer isso, de o Ministério do Desenvolvimento abrir mão da averbação dos apartamentos junto ao Cartório de Registro de Imóveis para entregar as unidades. Acho até que a Caixa Econômica Federal ficou sensível, participou dessas negociações, e viu que a solução está sendo morosa e diante do apelo dos moradores tomou a decisão”, disse Luiz Antonio.