Centro Socioeducativo em Guaxupé

Guaxupé, no Sul de Minas, vai ganhar um Centro Socioeducativo para internação de adolescentes em conflito com a lei. A unidade, projetada para 24 vagas, será a primeira do Estado construída dentro de um novo modelo idealizado por esta gestão da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), que une Prefeitura e Executivo Estadual em busca de soluções para jovens infratores.

Pela proposta, o Estado arca com a mão de obra dos agentes socioeducativos e é responsável pelo cumprimento da medida, segundo regras do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase). Já a Prefeitura faz a cessão de profissionais como dentistas e assistentes sociais – necessários ao cumprimento da internação, conforme determina o Sinase –  e é responsável pela construção do espaço físico.

Fechar Menu