Centrão abre mão de novos ministérios

O Centrão recuou e decidiu votar hoje, na Câmara, a MP da reforma administrativa. Sob pressão das redes sociais e às vésperas das manifestações pró-Jair Bolsonaro, o grupo de partidos abriu mão da recriação das pastas de Cidades e Integração Nacional. Os deputados, no entanto, ainda querem tirar o Coaf da alçada de Sérgio Moro. (Estado)

Fechar Menu