Integrando a Educação Permanente da Secretaria de Saúde, acontecerá em parceria com a PUC, na próxima quarta (24), a capacitação para “Diagnóstico Bucal”, voltado aos dentistas do SUS.

A Educação Permanente é focado em melhorar a qualidade de atendimento do usuário do SUS e também dar ferramentas aos profissionais da rede.

Para Coordenadora da Educação Permanente, Maria Mendes essas capacitações que ocorrerão ao longo do ano todo e com vários temas é essencial para melhorar o trabalho dos profissionais, refletindo diretamente na qualidade de atendimento do paciente. “A educação permanente é de extrema importância para os profissionais, para que se sintam mais valorizados, melhorando seu desempenho. Também é fundamental para um melhor atendimento dos pacientes”.

A capacitação será online e voltada para o diagnóstico precoce do câncer bucal. De acordo com o Inca (Instituto Nacional do Câncer), no ano de 2018 foram registrados 6.455 óbitos registrados em todo o país, com maior incidência na região sudeste.

Para a Coordenadora de Saúde Bucal, Cristiane Costa Silva, essas capacitações são importantes para que os dentistas possam trabalhar com mais tranquilidade. “Essa formação em específico é essencial para que possamos trabalhar com tranquilidade e ter o diagnóstico de câncer de boca. Historicamente no Brasil, o diagnóstico é tardio, consequentemente deixando sua cura mais complicada. Então com essa formação os usuários terão um grande ganho”, ressaltou.

Em caso de alguma alteração nos tecidos moles do corpo (língua, bochecha, garganta, lábios), que permaneça por mais de quinze dias, procure a Unidade de Saúde mais próxima para fazer o diagnóstico.