“Caneladas”

O presidente Jair Bolsonaro seguiu nesta sexta, 5, com seu mea-culpa iniciado ontem pelas “caneladas” recentes na velha política após um longo período de litígio com seus pares. “Desculpem as caneladas. Não nasci para ser presidente, e sim militar”, disse ele, capitão reformado do Exército, em discurso no Palácio do Planalto para inauguração do Espaço de Atendimento de Ouvidoria da Presidência da República, informa o Brodcast Político.

Fechar Menu