“Acho que é essencial para o Brasil que se constitua uma alternativa no centro. O Brasil não precisa de um terceiro polo de radicalização e é exatamente isso que estamos procurando oferecer ao país. Não é uma terceira candidatura para radicalizar ainda mais com as duas que polarizam. Queremos mostrar, justamente, que é um caminho alternativo, que não está em cima do muro, mas que está eqüidistante desses polos para poder trabalhar para um país que tenha equilíbrio econômico, fiscal, alavanque investimento, combata a desigualdade, combata a pobreza, gere oportunidade para a população, que possa fazer um país mais feliz que o que todos nós queremos e sair desta condição de tristeza, angústia e ansiedade que o país em vivido.” Estas foram as palavras do governador tucano do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, que esteve em Poços no sábado em busca de apoio para a sua pré-candidatura a presidência da República.

GRATIFICANTE

Para o prefeito Sérgio Azevedo foi uma honra Poços de Caldas receber a visita de Eduardo Leite, um possível candidato a presidência da República, sendo que em Minas ele visitou apenas Belo Horizonte, Governador Valadares e Poços de Caldas. O prefeito disse ainda que foi gratificante conhecer Eduardo e trocar experiências com ele e aproveitou para convidá-lo a voltar em 6 de novembro de 2022, no aniversário de 150 anos de Poços.