Câmara aponta ilegalidades no decreto das armas

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia disse que a área técnica da Casa identificou pontos inconstitucionais no decreto do governo que flexibiliza o porte de armas. A proposta encontra resistência no Congresso, mas o Planalto descartou fazer alterações no texto. (Globo)

Fechar Menu