A Caldense, em parceria com a Prefeitura e a Secretaria Municipal de Esportes, fez a adoção de praça do Estádio Municipal Doutor Antônio Megale, no bairro Santa Rosália, em Poços de Caldas. No local será implantada a escolinha de futebol de campo oficial da Veterana, nas categorias Sub-11, Sub-13, Sub-15 e Sub-17.

Os treinos irão começar no dia 30 de agosto. Cada faixa etária irá realizar atividades de duas a três vezes por semana, entre segunda e sexta-feira. Os dias e horários serão divulgados nos próximos dias, nas redes sociais do clube. “Inicialmente os treinos serão para sócios do clube e atletas aprovados na seletiva de 2019, que já vinham treinando conosco antes da pandemia. Nos próximos meses haverá novas peneiras abertas ao público para selecionar jogadores” – comentou o coordenador de esportes da Caldense, Aílton Lopes.

Nas últimas semanas o departamento de manutenção da Caldense promoveu melhorias nas dependências do estádio, como pintura, limpeza, reparos na rede de água e revitalização dos banheiros, vestiários e da sala de almoxarifado. O próximo passo é fazer uma recuperação no gramado, bem como na pista de caminhada e arquibancadas.

Durante muitos anos a Veterana teve tradição de oferecer futebol de campo para crianças e adolescentes. Mas os treinos para essas categorias foram descontinuados em 2010, devido a uma série de exigências e regulamentações impostas ao clube, que na ocasião eram inviáveis. Com muito esforço da diretoria alviverde, pensando no futuro da Caldense e atendendo os anseios dos jovens e da população de Poços de Caldas e região, o clube irá retomar as atividades, com a intenção de promover a prática esportiva e descobrir talentos.

“Com a desativação do Estádio Cristiano Osório no início dos anos 80, a Caldense ficou sem uma área para atender o futebol de campo de crianças e adolescentes, visto que o CT Ninho dos Periquitos é para o profissional. Em 2019 começamos a trabalhar o futebol de campo em locais diversos. Agora, com a parceria com a prefeitura, temos um local fixo para atender jovens, associados e a comunidade” – disse o presidente da Caldense, Rovilson Ribeiro.

O projeto vinha sendo muito solicitado por atletas da cidade e de cidades vizinhas, sócios e pela torcida alviverde. Nos últimos anos a Caldense realizou peneiras para selecionar atletas para os times de futebol de campo. Em cada uma delas houve mais de mil inscritos, números expressivos que retratam o interesse e a aceitação da população.

“É uma parceria que a gente já buscava há muito tempo. É um espaço muito bom, que antes era sub-utilizado. Agora vai ter muita movimentação, a comunidade vai poder usar, com projetos sociais e a escolinha de futebol. É um trabalho de médio a longo prazo que a gente torce para ter sucesso” – disse o Prefeito Municipal e Presidente de Honra da Caldense, Sérgio Azevedo.

O tempo de adoção da praça poliesportiva do Santa Rosália é de 5 anos, com possibilidade de renovação ao final do prazo. A comunidade do bairro e demais moradores da cidade poderão continuar utilizando e frequentando normalmente o espaço. O projeto tem o apoio da Sicredi, a primeira instituição financeira cooperativa do Brasil. (Renan Muniz).